segunda-feira, 22 de junho de 2015

Pela verdadeira Europa."Stop Austeridade, Apoio à Grécia, Mudança na Europa"


De certo modo Luís de Camões presidiu à manifestação talvez lá do alto da máquina do Mundo
Realizou-se hoje uma acção de solidariedade com a Grécia e o povo Grego face à opressão da agiotagem internacional (seja ela da Troika ou do FMI), no largo do Camões, em Lisboa.
Face à dimensão exemplar deste conflito, nomeadamente quanto às dívidas gregas e à possibilidade até de Grécia sair da União Europeia, podiam-se esperar mais pessoas, mas as cerca de 250 presentes representavam o sector populacional mais consciente internacionalmente, mais cívico, menos formatado pelo arco do poder e do sistema, notando-se uma predominância de gente jovem, ligada aos partidos renovadores, como o BE, o Pan, o Livre, o Tempo de Avançar, ou à candidatura presidencial de Henrique Neto, e ainda intelectuais, artistas e ecologistas e, finalmente, alguns anti-fascistas e anti-sistema de opressão mundial.

https://youtu.be/JWlOwNjctCg

Alguns breves discursos e cantos pontuaram a reunião que foi servindo para múltiplos diálogos e contactos, fortificando-se as redes alternativas a esta União Euopeia já demasiada burocratizada, acinzentada. e de modo algum representando a verdadeira Europa culta, fraterna dialogante, solidária.
Basta ver o comportamento anti-Europeu como tem conduzido as relações com a Rússia, com o problema da emigração do Norte de África e com as crises do Médio Oriente.
Realmente se os USA fabricam o dinheiro ou dólar que querem e corrompem meio mundo, porque é que a União Europeia não há de reduzir juros de empréstimos a zero, ou mesmo fabricar mais liberalmente dinheiro não para os ordenados dos políticos e a indústria dos armamentos mas para criar indústrias benéficas na Europa e no norte de África e para fomentar e estreitar as boas relações com a Russia, certamente mais Europeia que os USA e o seu Tratado Transantlântico ou a famigerada companhia agro-química e de sementes genéticamente modificadas da Monsanto?
Foi pois esta manifestação mais um cartão vermelho a uma União Europeia em que cada vez menos pessoas se revêm, de tal forma está subjugada aos interesses financeiros dos grandes grupos e dos norte-americanos...
Espera-se que a entrada de novos partidos e deputados no espectro político europeu, ibérico e português possa ajudar a dar a volta à crise de grande descrença nos políticos e governantes das últimas décadas...
E que a Grécia, mátria da Europa, seja respeitada e apoiada...




Um belo símbolo das Grécia e da maternidade cada vez menor na Europa burocrata...




A RTP-2 esteve presente, o que é já bom numa Televisão por vezes algo manipulada, e estando a falar com a Clarisse Marques, candidata a deputada pelo Tempo de Avançar, fui instado a dar o meu testemunho, o que fiz...





A Silvina e o Zé, sempre presentes na defesa da Liberdade, Cultura e Solidariedade







 O Zé Curado e seus amigos bem conhecidos
Gente jovem e alternativa faz sempre antever um futuro menos massificado e acinzentado
Uma das aopiantes de Henrique Neto e o Mauro..
Fim..
Post-scriptum...

Sem comentários: