terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Livros e Imagens, Reflexões e Meditações (1). 27/1/2015


A

Uma estante de livros é como uma arca com pão, uma escada para o céu, um barco no Oceano, uma vela na Noite...
Estendes mão, praticas o Istikhara Persa (concentração invocativa de um autor sagrado e do Divino antes de se abrir na página certa), recebes uma mensagem, continuas a ler, dialogas ou anotas, e depois meditas e comungas com os autores e as forças ou seres ligados a eles, ou mesmo na Unidade Divina, o Logos, nossa Dona Alma do Mundo, santa Sophia....
A tua alma expande-se, fortifica-se e irradia para onde tiver que ser e ligas seres e mundos...
Por isso sempre se disse que o "Amor é Cego", isto é, é Universal, acima das limitações e das personalidades, unindo o opostos nas complementariedades que manifestam a Unidade...

B
                                                
                                                       Fotografia captada na net, hoje, de pessoa amiga...

A alma de cada ser é um livro, cujas páginas vão sendo escritas dia após dia, ano após ano e, do que se viveu ou sonhou, delas se despreendem energias em ondas ou partículas  cruzadoras das pessoas, da terra e do céu, gerando efeitos mais ou menos luminosos, harmonizadores ou libertadores, vistos por algumas almas mais clarividentes como coloridas flores e paisagens, borboletas e aves...
Conseguires diariamente ter contribuído com algumas linhas valiosas, com alguns momentos de comunhão com os outros ou com o Cosmos, escrevendo mesmo em sintonia com o Logos, a Inteligência escritora do Universo, é certamente um dos objectivos da vida de cada um de nós, participantes na grande aventura da história da Humanidade na Terra...
Amarmos e preservarmos a Natureza, desenvolvermos a agricultura biológica, tendermos para o vegetarianismo, o naturismo, a ecologia, as comunidades coesas familiares ou grupais, a não-violência, a não alienação clubista ou partidária, a espiritualidade experiencial e universalista são certamente  orientações que Gaia, ou a entidade da Terra, e os seus múltiplos e infinitos seres e espíritos subtis, agradecem muito.
A nossa pegada na Terra não será então pesada mas sim leve, talvez mesmo como a das aves que se elevam da terra e voam luminosamente, símbolos do Espírito subtil e livre.
Seja pois a tua vida de trabalho um testemunho de boa e compenetrada consciência em acção, seja pois a tua escrita diária um registo ora poético ora filosófico das compreensões, intuições e comunhões que vais conseguindo e, certamente, quando chegares à hora da partida a tua alma desprender-se-á muito luminosamente para as paragens mais elevadas deste Cosmos infinito...

C

Isfahan
Isfahan
A passagem do tempo no corpo, ainda que lenta, vai dando os seus sinais, e o 

mesmo se passa no amor e no conhecimento, ou seja, na alma e, portanto, antes que

 chegues à hora de partires da Terra faz o que gostarias de fazer, ama ou apoia os 

seres de quem mais gostas e lê os livros e autores que desejas conhecer e 

comungar, escreve as tuas mensagens, para que entres serenamente e em amor 

grato na dita Eternidade e com as ideias, os livros e os escritos florescidos em ti e 

nos que te lerem ou ouvirem...


Writing and reading is almost a universal duty of everyone, and  from this 

creative ondulation of potencials florishes the wisdom of the sages and elders, who 

are  less engrossed in the ilusions and limitations of body and society, and more 

stabilized in the awareness of the Spiritalso called Tawid, the Unity of God...

So, use well your time and your heart since your birth, don't loose it in gossip or 

seeing what is not important and truth...

Be a man or woman of Love, a writer and artist of beauty and wisdom in the Great 

Book of the Cosmos...


                            
                                                          O grande poeta Hafiz. Fotografia tirada em Teerão...
                                   Arde no amor, compreende o Logos em tudo e transmite-o ou dialoga-o artisticamente...

Sem comentários: