sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Nascer do Sol, em Lisboa, no 12-I-2018 e nas nuvens seu fogo ardente e ensinante

O Sol que nasce na Terra, pode ser acolhido em Portugal ou na Rússia com o mesmo amor e gratidão, que faz arder o coração. Rússia porque em Murmansk, mo Árctico, terminou a noite polar de 40 dias, com os primeiros raios de sol a serem saudados luminosamente: https://www.rt.com/news/415704-first-sunlight-in-40-days/
Um mar de fogo divino nos pode agraciar e a nossa aura ou alma purificar, intensificar
Sabermos recolher as nuvens e suas forças na alma e no olho espiritual, criando um cenário ou ambiente propício, na meditação posterior, à abertura aos mundo espirituais e à Divindade...
Ventos e vias, rios e canais, vermelhos ardentes e azuis calmantes e infinitizantes...
Comunicações afectivas entre terras, seres, mundos... Abrir as janelas e os braços..
Labaredas do Amor Divino espelhadas nas nuvens e a nós se transmitindo: Theos...
Olá, diz-nos um ser flamejante...
                                                                                                                                  
Danças e irradiações de braços abertos no céu...Devas, anjos ou emanações do espírito...

1 comentário:

MANUEL MOYA disse...

Caro senhor, estou a fazer um trabalho de tradução de algums contos desconhecidos na Espanha de Pessoa e, em particular, estou muito interessado no "Philósopho hermético" que você publicou em seu livro Rósea cruz, em 1989, livro que procurei em todos os lugares de internet e que apenas podei encontrar em uma livraria dos EUA a um preço proibitivo. Dado que o livro saiu há quase trinta anos, você poderia me enviar, se fosse tão gentil, uma cópia fotográfica das páginas dessa história ou, se não fosse possível, indicar-me uma livraria onde eu poderia comprar o livro por um preço razoável? Eu ficaria extremamente grato.
Muito obrigado
islahelena@gmail.com