domingo, 29 de novembro de 2015

Marcha pelo Clima. 2015, Lisboa.


Um pensamento que explica bem a causa principal da degeneração climática e bastante do sofrimento humano: o Sistema mundial  implementado por interesses económicos e de poder anti-humanos.
Outra das causas certamente intensificadoras da destruição dos ecosistemas e do corpo e da mente humana.

Se tiver tempo para ler, melhor...
Embora o saber ocupe lugar, e há muita informação que visa destruir o seu discernimento, saber dos perigos que nos podem cair em cima é importante para podermos dar a resposta correcta: Não ao TTIP...

Olhai os lírios dos campos mas também das cidades, tão simples mas tão perfumados,...
Uma das causas do aquecimento global e que certamente será debatido mas pouco controlado pelas grandes potências reunidas na cimeira de Paris, já viciadas no entanglement do Sistema, subtil, hipócrita, incapaz de se gerir pelo Bem Comum a longo prazo...

Vários grupos de activistas destacavam-se na distribuição de informação clarificante, tais como sobretudo o  Não ao Tratado Transatlântico,  a Acção Directa de Portugal. o www.cowspiracy.com, embora também estivessem presentes Green Peace, Quercus e o Stop Monsanto Portugal 
Começo da marcha, a sair do Martim Moniz, pelas 15:30. Talvez umas 800 pessoas
Os medos que os meios de informação e o Sistema procuram fomentar nas pessoas devem ser bem discernidos e evitados. Não veja televisão e leia o menos possível de jornais, tão vendidos e logo manipulados... Seleccione as fontes de informação pela net, conforme a sua sensibilidade e procura de Verdade

Uma das distribuidoras da resistência ao Tratado Transatlântico:
através do site www.nao-ao-ttip.pt procura-se atingir até 8 de Junho, data de decisão dos algo morcónicos deputados da UE, os dois milhões de assinaturas, que talvez lhes abram as consciências e não se deixem corromper tanto pelos interesses norte-americanos, que não são mesmo nada os dos habitantes da Europa como muitos continuam a crer...

Arte, simplicidade e globalidade...

Uma crítica muito fundamentada (não fundamentalista...) aos problemas causados pelo consumo de carne ou mesmo do leite estave bastante presente, em especial pelo grupo accção directa, com página no Facebook: accaodirectapelalibertacaooanimal

Certamente que os céus estarão mais azuis e harmoniosos se as aspirações destes poucos seres presentes na manifestção alastrassem a outros corações e causassem as necessárias transformações planetárias...

PAN  e o MAS foram os dois únicos partidos políticos que estiveram representados, pelo menos com bandeiras

A gente jovem predominava, o que é muito bom sinal, embora gente mais experiente, onde pontificou o arquitecto João Reis Gomes, 78 anos de defesa do Ambiente com Gonçalo Ribeiro Teles, Afonso Cautela, Delgado Domingos...

O futuro que se quer ecológico e biológico, harmonioso e feliz







As roupas, as cores, as florese não só as palavras de ordem e amusica,  também têm a sua importância na vibração que uma marcha ou manifestação causa nas pessoas e no Cosmos...

Cruzamentos na Almirante Reis, e neles entramos nós constantemente, seja nas decisões que temos de fazer como nos pensamentos e estados de alma que deixamos ocupar a nossa consciência e ser, só algumas vezes sendo os melhores para a harmonia planetária.



A Terra, se pudesse, vomitaria selectivamente os piores seres, ou as mais destrutivas e poluentes fábricas, e melhoraria rapidamente o seu estado e logo o da Humanidade...




Rastas, gratas, pois não havia rastos químicos nos ares






Chegada à Fonte Luminosa
Sabermos discernir a complementariedade dos diferentes tipos de caminhos para o Bem comum e luminoso




Podia ser Berlim ou Paris, mas não vinhamos apenas do Martim Moniz.


Agora que um governo de unidade de esquerda tem algumas das rédeas do poder esperemos que os lobies das grande compnahias e corporações não continuem a fazer tábua rasa dos princípios éticos e ecológicos





Intervenções ecológicas



Stop Monsanto têm feitos progressos, mas muito há ainda a fazer para deter tal destruidor do planeta e da humanidade

Leitura poética de um texto irónico da exploração que o Sistema mundial capitalista e manipulador, liderado peloa USA, tenta impôr ao mundo, não só pela destruição do Médio Oriente e o apoio ao terrorismo sangrento mas agora atambém com o TTIP.   www.nao-ao-ttip.pt


Várias gerações, uma mesma alma da Humanidade harmoniosa latejando nas suas ondas e vibrações 

O reino canino, mais ou menos evoluído e e quase individualizado esteve bastante presente, com alguns cães a ganharem os prémios dos mais conscientes e, quem sabe, candidatos a passarem a humanos numa próxima vida...


Uma das fotógrafas mais activas e lúcidas da marcha, em movimento para a fonte da Natureza Una
Os dois jovens oradores, a alma feminina foi certamente mais afirmativa e impressiva.
Encontro no ínício da marcha com o arquitecto paisagista João Reis Gomes, que fez comigo metade da marcha e que me passou o manifesto alternativo de 1974, subscrito e redigido pelos sábios ecológicos de então, ainda hoje muito actual.
Aqui fica para a história, via net...



João Camargo faz a sua concisa intervenção
Ana Cristina Figueiredo, uma das consciências mais lúcidas e ecológicas  da manifestação, 20 anos na Quercus, mas agora já de fora.
Bons diálogos, seguindo-se um jantar num restaurante oriental, Darshan Nepal, bem simpático, com o nutritivo menu de espinafres, o saag panneer, por 5 €
Quando o repuxo começou a funcionar, já ao anoitecer, uma outra energia regeneradora se formou, fazendo um bom fundo para a música boa que se foi ouvindo. 

Última imagem, com um lema que deveria ter trazido mais almas portuguesas à marcha...

Sem comentários: