quinta-feira, 1 de maio de 2014

1º de Maio de 2014, em Lisboa. Milhares de almas luminosas manifestam as aspirações da grande Alma Portuguesa....


   Beltaine, a festa do fogo Celta, ou o 1º de Maio dos trabalhadores, de 2014, em Lisboa: milhares de pessoas, muitas sensibilidades mas em todas a nobre aspiração e luta pela justiça e a dignidade social e por uma mudança da pseudo-democracia do centralão, três partidos que gerem os dinheiros do Estado e da Europa de tal modo que pouco chega aos Portugueses e às suas verdadeiras necessidades...
    First of May in Lisboa: bright fires in thousands of souls asking for changes in the politicians and their egoism, and in their misuse or even corrupted ways to deal with the public and european money...


A marcha já no final da Almirante Reis. Uma das jovens que a liderava (ou dinamizava invisivelmente) enaltecia ou proclamava no peito ou coração a coragem heróica e libertadora...

Formas sentidas, artísticas e originais de testemunhar a dignidade da alma humana trabalhadora...

Os protestos contra os cortes das reformas estiveram bem presentes....

Os governantes enquanto gansgters, pelo que deixam fazer e não fazem, certamente que foi contestado...

Uma classe política há muito sem base de apoio popular fora do seus partidos, e o constante sacrificio do povo em prol de interesses financeiros e de grupos ecoa em frases já musicadas...

No começo da manifestação o Alentejo profundo propunha-se vir ceifar o joio nacional...

Alams tisnadas pelo sol e garridas pela esperança testemunhando a vontade de mais justiça...

Na sombra da azinheira falava-se ou pensava-se em valor e amor

Os grupos de defesa de mais cultura substancial destacavam-se pelas suas auras mais criativas e vibrantes...

Títeres ou grandes S. Robertos lembram que as pessoas podem agigantar-se...

As crianças que participam, sobretudo quando lhes é explicado adequadamente o significado e os múltiplos objectivos da manifestação, oferecem e ganham energias subtis bem importantes...

Olhares críticos de uma governação em prol dos grandes interesses não nacionais e de um Presidente que já devia ter dado lugar a gente mais nova e descomprometida...

Paródias das entrevistas fraquinhas da Televisão...

Almas de paz tingindo a Alameda de persistência serena...

Fisionomias marcadas pelas ressonâncias da planura alentejana e a sede ardente de justiça...

Os ritmos são fundamentais seja na oração do coração, na das pernas nas caminhadas ou das mentes nas dificuldades


Os vários sectores publicos que mais tem sido vítimas dos desgovernos e dos roubos das parcerias público-privadas estiveram presentes...

Frente a uma das sopas dos pobres lisboeta, a afirmação dos valores de Abril é bem actual.... 
Gente de todas as idades manifestando a cidadania cívica...

A figura da República da Portugália já sem a fábrica produtiva mas a apenas como cervejaria cheia deve ter sonhado com as épocas revolucionárias e idealistas... 

Uma alma entristecida pela dureza da vida mas que ainda ergueu a voz em alguns dos mantras que circularam, e que certamente poderiam ser melhores...

Uma das almas que mais coragem mostrava e impressionava...

Quem triunfará na vida e na eternidade?

Tambores que rufam os ritmos guerreiros, despertantes, entusiasmantes..

Prestes a começar mais uma jornada de luta, os descendentes dos heróicos combatentes de guerras antigas da Pátria Portuguesa alinham as almas...

Mudar o sistema e o império certamente que implica mudarmos de vida e erguer as bandeiras da aspiração da alma ao longo de cada dia, persistentemente...

Na Fonte Luminosa as fontes principais de sabedoria, as pessoas e os livros davam às mãos...

Arte nova que espreita serenamente por quem a admire e assimile na dádiva amorosa e na harmonia ambiental e social...

Embora o PAN não estivesse presente, como aliás a maior parte dos partidos,à excepção do PCP, alguns animais não quiseram deixar de manifestar a sua solidariedade com a causa trabalhadora e libertadora portuguesa...








Duas amigas trabalhadoras no Estado e grandes amantes da cultura com quem uma parte da jornada se fez...

Participar criança num prieiro de Maio e das alturas abrirá certamente horizontes mais vastos e fraternos no futuro....



Uma das reinvidicações mais justas e necessárias levadas pelos estudantes de Psicologia aponta para os valores espirituais, culturais e harmonizadores e que a subserviência ao capitalismo selvagem  e ao fascismo financeiro tem feito perecer ...



O grande camarada Jerónimo, veterano de lutas, porta-voz  sempre disponível de uma das mais genuínas defesas dos trabalhadores....
Milhares de almas, encabeçados e liderados por algumas mais ardentes, luminosas e corajosas, tal como a jovem que no seu peito nos desafiava a sermos heróis...












A fotografia como um meio de descobrir seres, essências e forças libertadoras e partilhá-las....

Almas originais, certamente capazes de estarem a criar e a viver ambientes e modos de vida alternativos aos sistema massificante e alienante citadino moderno...

Com grande paz, e qual portador da bandeira das batalhas portuguesa da 1ª Grande Guerra, um sábio liderava a marcha...

Uma alma bem pura, serena, firme, inspiradora....


Certa dificuldade em mudar de lugar as fotografias ou mesmo, em duas de adicionar legendas, do que peço desculpa...
Boas inspirações revolucionárias e libertadoras, culturais e espirituais....

Sem comentários: